Upskill Platform

Fit cultural inclusivo: para além do recrutamento

Fit cultural é um termo que se aplica, normalmente, ao alinhamento de um candidato a determinada vaga, no processo de seleção de uma empresa. No entanto, quando restringimos esta prática à entrevista de seleção de um novo colaborador, podemos estar ignorando o fato de que a cultura organizacional sofre mudanças ao longo da história de uma empresa, e que seus colaboradores e políticas precisam se adaptar, do contrário, seria necessário trocar todas as equipes a cada mudança de cenário.

Fit cultural inclusivo: para além do recrutamento

Fit cultural é um termo que se aplica, normalmente, ao alinhamento de um candidato a determinada vaga, no processo de seleção de uma empresa. No entanto, quando restringimos esta prática à entrevista de seleção de um novo colaborador, podemos estar ignorando o fato de que a cultura organizacional sofre mudanças ao longo da história de uma empresa, e que seus colaboradores e políticas precisam se adaptar, do contrário, seria necessário trocar todas as equipes a cada mudança de cenário.

Sendo assim, queremos trazer, neste artigo, o conceito de fit cultural como uma forma de alinhar constantemente o comportamento das equipes e a cultura da organização. E, talvez o mais importante, aplicar esta prática de maneira que as duas vias sejam consideradas no processo de alinhamento e adaptação cultural. Os colaboradores ajustam e corrigem seu comportamento para se alinhar à cultura organizacional, e os valores e políticas da cultura são revisados de tempos e tempos para se adequarem ao que é praticado pelos colaboradores com resultados promissores.

Alinhar sem homogeneizar

A busca pelo alinhamento cultural nas equipes é uma prioridade para muitos líderes. No entanto, à medida que a diversidade se torna cada vez mais valorizada, surge o desafio de conciliar o fit cultural com a inclusão de perspectivas diversas. Como líderes, é essencial entendermos como alinhar valores sem suprimir a riqueza que a diversidade oferece.

O termo “fit cultural” tornou-se uma expressão comum, referindo-se à harmonia entre os valores e comportamentos dos candidatos aos da cultura organizacional. No entanto, em um cenário onde a adaptação rápida e a inovação são essenciais para o sucesso, a rigidez do fit cultural pode se tornar um obstáculo para a diversidade e, consequentemente, para a inovação.

Inclusão como estratégia para inovar

A diversidade não é apenas uma questão de representação de diferentes origens étnicas, gêneros ou idades; é uma fonte de enriquecimento de perspectivas e experiências. Pesquisas, como a da McKinsey & Company, revelaram que empresas que promovem a diversidade em suas equipes tendem a ser mais lucrativas, ressaltando a importância estratégica da inclusão.

Assim, surge a necessidade de repensar o conceito de fit cultural para incorporar a diversidade como parte integrante da cultura organizacional. Isso significa que os líderes devem buscar não apenas a harmonia de valores pré-estabelecidos, mas também a capacidade de adaptar e evoluir esses valores para incluir as diversas perspectivas que compõem suas equipes.

Liderança proativa para um fit cultural inclusivo

Promover um fit cultural inclusivo requer uma abordagem proativa por parte dos líderes. Aqui estão algumas estratégias para alcançar esse objetivo:

  • Crie um ambiente de respeito mútuo. Estabeleça uma cultura onde todas as vozes sejam ouvidas e valorizadas, independentemente de origem, gênero ou posição hierárquica. incentive o respeito pelas diferenças e a abertura para o diálogo construtivo.
  • Fomente a colaboração. Encoraje a colaboração entre membros da equipe com diferentes origens e perspectivas. reconheça e recompense o trabalho em equipe que integra diversas habilidades e pontos de vista.
  • Estimule o entusiasmo pela diversidade e inovação. Demonstre entusiasmo e apoio às iniciativas que promovam a diversidade e a inovação na empresa. celebre as conquistas alcançadas através da colaboração entre equipes diversas.
  • Ofereça formação e sensibilização. Proporcione treinamentos sobre diversidade e inclusão para todos os membros da equipe, incluindo a liderança. promova a conscientização sobre preconceitos inconscientes e como mitigá-los no ambiente de trabalho.
  • Dê o exemplo. Como líder, seja um modelo de comportamento inclusivo. demonstre respeito, empatia e abertura para diferentes pontos de vista em suas interações diárias com a equipe.

Fit cultural adaptável e contínuo

Além disso, é importante lembrar que a construção de um fit cultural inclusivo não é um processo estático, mas sim contínuo e evolutivo. As empresas devem estar preparadas para adaptar sua cultura e práticas conforme a composição e as necessidades de suas equipes mudam ao longo do tempo.

Ao priorizar a diversidade e a inclusão no fit cultural, as empresas não apenas fortalecem sua capacidade de inovação e adaptação, mas também promovem um ambiente de trabalho mais acolhedor e inspirador para todos os colaboradores.

Para líderes de equipes, o desafio não é apenas buscar o ajuste entre os valores culturais e as características individuais dos membros da equipe, mas sim criar uma cultura que celebre e integre a diversidade como um elemento fundamental de sua identidade e sucesso organizacional.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Summary

Newsletter

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado.

Últimos artigos

fit cultural
Liderança do futuro
Aline Daher

Fit cultural inclusivo: para além do recrutamento

Fit cultural é um termo que se aplica, normalmente, ao alinhamento de um candidato a determinada vaga, no processo de seleção de uma empresa. No entanto, quando restringimos esta prática à entrevista de seleção de um novo colaborador, podemos estar ignorando o fato de que a cultura organizacional sofre mudanças ao longo da história de uma empresa, e que seus colaboradores e políticas precisam se adaptar, do contrário, seria necessário trocar todas as equipes a cada mudança de cenário.

Saiba mais »
equipes
Human-Centric Work Design
Aline Daher

Mude a maneira como suas equipes são lideradas

Loud quitting, quiet quitting, lazy job, coffee badging estão desafiando as empresas a manter a produtividade e performance dos times e do negócio, num ambiente de trabalho remoto ou híbrido. No entanto, é certo que o comportamento das pessoas mudou, impulsionado pela pandemia e consolidação de um mundo híbrido, seja para viver, consumir, como para trabalhar.

Saiba mais »

Agende uma demonstração

Desenvolva sua equipe, faça sua empresa crescer