Upskill Platform

Mindfulness é o segredo para o engajamento dos colaboradores da sua empresa

O engajamento dos colaboradores, bem como sua produtividade e bem-estar, pode estar sendo prejudicado pelo estresse e sobrecarga. Como há uma grande maioria de colaboradores desengajados, isso afeta os resultados da empresa. O mindfulness é uma das maneiras mais eficazes de envolver esses profissionais com seu trabalho e com os colegas. Vamos entender, a seguir, como o mindfulness pode ser um grande aliado no aumento do engajamento dos colaboradores.

Mindfulness é o segredo para o engajamento dos colaboradores da sua empresa

O engajamento dos colaboradores, bem como sua produtividade e bem-estar, pode estar sendo prejudicado pelo estresse e sobrecarga. Como há uma grande maioria de colaboradores desengajados, isso afeta os resultados da empresa. O mindfulness é uma das maneiras mais eficazes de envolver esses profissionais com seu trabalho e com os colegas. Vamos entender, a seguir, como o mindfulness pode ser um grande aliado no aumento do engajamento dos colaboradores.

Os números do estresse no mundo corporativo

O American Institute of Stress publicou um relatório sobre a atitude dos colaboradores americanos no local de trabalho. Vamos examinar as estatísticas brevemente:

  • 80% dos profissionais sentem-se estressados ​​no trabalho. Quase metade afirma que precisa de ajuda para aprender a lidar com o estresse e 42% afirmam que seus colegas precisam de ajuda.
  • 25% sentiram vontade de gritar por causa do estresse no trabalho.
  • 75% dos colaboradores acreditam que sofrem mais estresse no trabalho do que há uma geração.
  • 14% dos entrevistados sentiram vontade de bater em um colega de trabalho no ano passado, embora não o tenham feito.

“Estamos enfrentando uma crise nacional de saúde mental que pode trazer sérias consequências sociais e de saúde nos próximos anos.” –American Psychological Association (APA)

A última pesquisa da International Stress Management Association (Isma) produzida em 2018 e publicada em 2019 concluiu que 72% da população brasileira em idade economicamente ativa sofre de estresse e, deste número, 32% possui síndrome de burnout.

De onde vem esse estresse?

Existem muitos fatores externos que produzem um impacto negativo na saúde mental de um indivíduo. Um dos aspectos que mais sofrem impacto do estresse é o desempenho no trabalho. Em 2017, um estudo da American Psychological Association (APA) concluiu que os americanos sofrem profundamente com o estresse sempre crescente.Apesar do estresse pessoal e profissional estarem atingindo níveis elevados muito antes da pandemia, a COVID-19 colocou sal na ferida.

Junto com outros fatores de estresse, a experiência das longas quarentenas, lockdowns, entre outros fatores e restrições, deixou marcas profundas em nossas mentes e corpos. Felizmente, o mindfulness revelou-se uma excelente maneira de treinar a tolerância ao estresse. Vamos aprender como?

O que é mindfulness?

“Mindfulness é um conjunto de habilidades que você aprende e, por meio de treinamentos constantes, é possível alcançar uma mudança de comportamento sustentável. É a capacidade de permanecer focado na tarefa que realiza no presente, aumentando a consciência de pensamentos, sentimentos, hábitos e ações. ”

Colaboradores engajados VS. Colaboradores desengajados

Você deve ter conhecido um colega com baixa energia, que reclama do chefe e da carga de trabalho, cochila no meio das reuniões, adora jogar a culpa nos outros e se comunica mal. Isso é muito comum em um colaborador desengajado.

O comportamento de um colaborador engajado, por outro lado, é o total oposto. Ele é apaixonado, mostra entusiasmo e está ativamente envolvido com seu trabalho e com os colegas.

Source: Personal Group

A Consultoria Gallup tem medido o engajamento dos colaboradores desde o ano 2000. Os resultados destacam que apenas 30% dos colaboradores demonstraram engajamento nos últimos 18 anos. A pesquisa Gallup de 2018 apresentou os seguintes resultados:

  • Colaboradores engajados = 34%
  • Colaboradores desengajados = 53%

Como o mindfulness aumenta o engajamento dos colaboradores

1- Fornece energia e disposição para o seu colaborador

Tendemos a ignorar o fato de que exercícios, uma quantidade adequada de sono e uma nutrição adequada têm grande importância em nossas vidas. Eles contribuem para garantir um desempenho sustentável no trabalho, bem como no âmbito pessoal.

As pessoas se orgulham de comer menos (com a intenção de perder peso) e dormir pouco (quando 7 horas de sono são o mínimo necessário para uma boa saúde). No entanto, quando isso se torna habitual, você anda por aí parecendo um zumbi, o que afeta significativamente o seu desempenho no trabalho e o coloca sob enorme estresse ao realizar as tarefas.

Para mudar este padrão, o mindfulness é uma boa ferramenta para prover energia e impulsioná-lo. Dentre as práticas que estimulam um estado mindful, está a meditação. Ela contribui para aumentar os níveis de vitalidade e disposição, uma vez que ampliar a autoconsciência contribui para reduzir o estresse.

2- Melhora o Foco

Dasa – um monge – conduziu uma série de treinamentos de meditação e mindfulness em muitos setores corporativos, incluindo Google, Bank of America, JP Morgan Chase etc. Ele diz:

“Estamos sempre correndo. Estamos tentando comer nosso sanduíche enquanto dirigimos, [e] ouvindo nossas mensagens, ao telefone, e planejando outra coisa. Como vamos ter tempo para fazer uma coisa corretamente? Não teremos.”

Caso em questão: você perde o foco quando você entra no modo multitarefa.

Este é um problema sério que os colaboradores enfrentam no trabalho. Seu cérebro pode processar informações limitadas por vez. Ao alternar entre as tarefas que vão e vem, seu cérebro demora um pouco para descobrir as informações que estava processando em primeiro lugar.

Os pesquisadores avaliaram o efeito da meditação na capacidade de atenção das pessoas. Uma análise de 23 estudos diferentes descobriu que aqueles que estavam meditando por muitos meses eram melhores em eliminar distrações e reter sua capacidade de atenção em comparação àqueles que estavam meditando por um tempo bem mais curto. 

Fonte: Mindfulness Working

3- Reduza o estresse

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos estima que o estresse é responsável por até 75% de todas as visitas ao hospital. Essas visitas são principalmente por dores de cabeça, nas costas, problemas de sono, fadiga, problemas cardíacos, dores de estômago, úlcera estomacal e acidentes. Além disso, estima-se que 80% a 90% de todos os acidentes industriais estejam relacionados a problemas pessoais e à incapacidade dos colaboradores de lidar com o estresse. 

Para superar esse nível ameaçador de estresse, os especialistas recomendam meditação e mindfulness. Ao praticar mindfulness, a tendência é entrarmos num estado de maior serenidade. Portanto, a produção de hormônios do estresse em seu corpo tende a diminuir.

4- Melhora a produtividade

“As pessoas que praticavam mindfulness por dez minutos ou mais a cada dia aumentaram sua capacidade de se concentrar, de regular suas emoções, de ter empatia, de se adaptar às novas circunstâncias e de experimentar diferentes perspectivas. ” – Michael Chaskalson Coach de Mindfulness

Fonte: Comunidade Empresarial

Quando há menos estresse, a irritabilidade, o medo e o cansaço diminuem. Ao mesmo tempo, ativa-se o pensamento divergente, que estimula a criatividade e aumenta a produtividade.

Segundo reportagem da revista Exame de 2017, naquele ano o mindfulness já era uma ferramenta bastante usada nas grandes empresas. Dentre elas, a IBM, que já oferecia aos colaboradores workshops para explicar o que é a técnica, sessões semanais de meia hora cada e também programas de oito semanas. 

“Entre as melhorias na qualidade de vida dos praticantes estão o aumento da criatividade, da memória e da rapidez em obter respostas para problemas complexos”. (Revista Exame, março de 2017)

5- Aumenta a Criatividade

Para confirmar que a criatividade aprimorada é um dos principais benefícios do mindfulness, a Erasmus University em Rotterdam, Holanda, criou um experimento. O objetivo foi verificar se alguns minutos de prática de mindfulness potencializam a criatividade. Cento e vinte e nove pessoas fizeram parte deste estudo. Elas foram divididas em três grupos. Todas foram solicitadas a gerar o máximo de ideias de negócios que pudessem.

Antes do experimento, um grupo participou de uma prática de meditação durante 10 minutos. O segundo grupo participou de uma meditação fake de 10 minutos. E o terceiro grupo começou a debater ideias imediatamente.

Os participantes do primeiro grupo desenvolveram uma gama de ideias 22% mais ampla do que os outros dois grupos.

Por último, mas não menos importante, o mindfulness reduz despesas com a saúde

Acredite ou não, o retorno de seu investimento em treinamento de mindfulness virá na forma de aumento da produtividade de seus colaboradores e redução de despesas com saúde. 

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Harvard revisou um programa de relaxamento mente-corpo oferecido pelo Benson-Henry Institute for Mind Body Medicine. Este programa ensinou muitas técnicas de relaxamento mente-corpo, como meditação, mindfulness, entre outros. Os participantes deste estudo envolveram-se ativamente na pesquisa e continuaram praticando em casa também.

Nesses indivíduos, os cientistas observaram uma redução de 43% na utilização de serviços médicos em comparação a um ano antes do programa. Ele economizou cerca de US$2.360 por indivíduo apenas nas visitas de emergência. Isso significa que, em média, cada pessoa economizou cerca de US$28.320 por ano.

“Existem muitas maneiras de chegar a um estado de boa saúde – muitas portas para o bem-estar, mas nem todas as portas estão abertas para todas as pessoas. Um dos pontos fortes do programa é que ele se baseia em muitas ferramentas diferentes que se reforçam mutuamente e permitem que muitos portões sejam abertos para uma ampla gama de pessoas. ” – Dr. Stahl, Diretor da Dartmouth Primary Care Research Fellowship

Aproveite as vantagens da tecnologia moderna para praticar mindfulness

Os avanços tecnológicos abriram novos caminhos para garantir o bem-estar sustentável a seus colaboradores. Por exemplo, você pode hospedar um programa de mindfulness física ou virtualmente para sua equipe. A melhor maneira de fazer isso é convidar um especialista em mindfulness ou professor de meditação, e organizar treinamentos de 30 minutos.

Nesta era da COVID-19, você também pode organizar um evento híbrido com este propósito. A vantagem deste evento híbrido é que você pode garantir a participação de quantas pessoas quiser, respeitando o limite de pessoas presencial e dando oportunidade para as que não puderem estar presentes participarem mesmo assim.

Conclusão

Com todos os benefícios da prática do mindfulness já citados, as empresas não só poderão aumentar o engajamento dos colaboradores, mas sua produtividade e, consequentemente, impulsionar o crescimento de pessoas e empresas.

Quer saber como construir uma liderança e uma empresa mindful e prover crescimento duradouro das equipes e do seu negócio?

Agende uma demo da nossa plataforma, clicando aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Summary

Nunca perca um insight.
Assine a nossa newsletter!

"*" indica campos obrigatórios

Nome*
Authorized*

Últimos artigos

Group of business workers standing with hands together doing symbol at the office
Emotional Intelligence
Aline Daher

4 táticas para seu time ser + resiliente

Num cenário de mudanças rápidas e constantes, é comum que haja grande incerteza e uma dificuldade em se adaptar de maneira ágil sem perder desempenho. Para vencer esses desafios, é preciso que seu time seja + resiliente, para que prosperem diante das adversidades e possam aprender com elas.

Saiba mais »
three person pointing the silver laptop computer
Human-Centric Work Design
Aline Daher

Crie uma cultura de inclusão e pertencimento

Uma cultura de inclusão e pertencimento é fundamental para atrair e reter talentos diversos. No entanto, muitos executivos ainda não sabem como criá-la e mantê-la. O maior desafio é saber que ações colocar em prática para gerar pertencimento, coesão e acolhimento das equipes remotas ou híbridas.

Saiba mais »

Agende uma demonstração

Desenvolva sua equipe, faça sua empresa crescer